5G no Brasil, vai funcionar?

A conexão em 5G já é uma realidade para muitos países. Com promessa aumentar a agilidade de forma econômica para facilitar e tornar viável diversos setores online, implementados agora na pandemia, muitas pessoas se questionam, será que o 5G vai funcionar no Brasil?

Fazendo sucessão ao 4G, a conexão em 5G é a quinta geração de rede móvel, e promete inovações para toda funcionalidade da internet móvel, em todo país. A tecnologia vem sendo usada desde 2018 por outros países, e é uma inovação já aprovada pela Anatel, por isso não existe razão para não ter uma implementação bem sucedida no nosso país.

Qual é o Prazo para implementação do 5G no Brasil?

No momento o processo está no TCU, Tribunal de Contas da União, que pode levar até 60 dia para se pronunciar e fazer observações sobre o planejamento. Depois disso, a Anatel terá 40 dias para um leilão, que significa que será aberto para destintas obrigações de investimento, podendo sair até 40 mil reais mais caro do que o 4G, contribuindo também, na alta dos valores em aparelhos já com a tecnologia.

Para o funcionamento e acesso do 5G dentro do país, foram criadas 3 soluções diferentes, afim de adiantar o lançamento e a utilização no Brasil, são 5G standalone, 5G plus, e 5G

Qual a diferença entre 5G standalone, 5G plus e o 5G?

O que difere as 3 tecnologias, é o prazo e o bom funcionamento. Como o 5G têm seu lançamento previsto apensas para junho de 2022, foi criada a opção Standalone do 5G, que é um híbrido da tecnologia, esse será responsável pelo aumento da velocidade da internet.

E o 5G plus, terá o de maior qualidade, permitindo uma extensão maior de alcance, além de ampliar significativamente a velocidade.

E o 5G puro, será a versão final, destinada como forma neutra. Está entre o 5G Standalone, e o 5G plus. O resultado é o mesmo, mudando somente o alcance da internet e sua data para a integração no país.

O Stanalone será a primeira versão lançada, até que a versão pura saia por volta de 2022, além disso o 5G plus está previsto para ser lançado antes, mas ainda dependerá de como será o leilão da Anatel, e coo as operadoras irão reagir aos salgados valores.

Mas o 5G vai funcionar?

Diante de todas essas questões, a solução do 5G já está com data para ser implementada e já é uma realidade para todas as pessoas do Brasil. Apesar disso, para fazer a utilização e adquirir um aparelho celular que possua a tecnologia, é necessário pagar o preço, e isso significa um aumento de pelo menos 40% dos telefones celulares (já que para a operadora, terá esse crescimento) comparados aos valores estimulados hoje (claro, esse percentual dependerá de uma operadora para outra).

Então a resposta é sim, funcionará, ainda que no momento de forma genérica, (utilizando por pelo menos 2 anos a versão hibrida do 5G, até que ele seja de fato lançado)

951

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.