Disney pede a volta do trabalho presencial

Os funcionários da Disney terão que voltar a trabalhar presencialmente pelo menos quatro dias por semana, informou a rede americana CNBC, citando um e-mail do CEO Bob Iger para a equipe.

A política de volta ao escritório entra em vigor em 1º de março. Iger retomou o comando da empresa em novembro, e tem a missão de revitalizar a companhia após perdas nas ações e despesas crescentes no Disney +.

A estipulação de quatro dias por semana de Iger é relativamente rigorosa em comparação com outras grandes empresas, muitas das quais optaram por dois ou três dias de trabalho obrigatórios para funcionários híbridos.

Isso ocorre menos de dois meses depois que ele voltou ao comando da empresa.

Iger defende que um negócio criativo como a Disney exige essa proximidade entre os colaboradores, e que nada pode substituir a capacidade de conectar, observar e criar quando fisicamente juntos.