Lugares Silenciosos parte II – Vale a pena?

Após ter tido sua estreia atrasada em muitos meses, devido a disseminação da COVID-19 durante o ano de 2020/2021, o filme finalmente alcançou as telonas de cinema, em sua estreia em 10 de julho. Muitos assistiram a primeira parte e já ficaram impressionados com a tensão que o filme consegue projetar ao espectador, mas será que a continuação consegue imprimir a mesma sensação?

É o que vamos desvendar, confira:

Enredo

A história funciona em dois âmbitos, passado e presente. A passagem acontece rapidamente no passado, onde é contado de forma reduzida, o primeiro dia durante a invasão dos alienígenas que conseguem quase dizimar toda a vida humana do lugar.

Depois disso, a história se desenvolve no presente. Após os acontecidos na parte I do filme, a família se encontra sob a decisão de partir do seu lar, e andar até um lugar que possa ser seguro para os quatro integrantes da família Abott.

Depois de muito andar, eles se deparam com um personagem que será fundamental para a conclusão da narrativa.

O filme não foca tanto na função narrativa, já que já foi bem entregue no primeiro filme. E sim, na conclusão da história e construção da tensão, e haja tensão. Assistir o primeiro filme já causava certo nervoso, pela falta de diálogos e a sensação opressora que isso imprimia ao espectador, quando os momentos de auge chegavam, e no filme II não é diferente.

Apesar de ter mais falas, o diretor tomou decisão de forma brilhante sobre quais momentos ouviríamos, e quais momentos nos deixaria no escuro, provocando suspense e tensão muito bem construídos.

Vale a pena?

Depende de você. Se você gostou do primeiro filme, simplesmente não tem como não gostar da sua continuação, por isso com certeza valerá a pena.

416

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.