O que é e como funciona o crowdfunding?

O crowdfunding vem se popularizando cada vez mais na internet entre pessoas que desejam tornar o seu projeto realidade. Mas, o que é e como funciona o crowdfunding?

O que é?

O crowdfunding apresenta um jeito inovador para investir em projetos reais através da internet. Trata-se de uma forma de financiamento coletivo obtido por meio da colaboração de um grupo de pessoas. Ou seja, ele funciona como um tipo de “vaquinha” online para empresas ou pessoas físicas que precisam de recursos para colocar os seus projetos em ação.

Como funciona?

O crowdfunding começa através de um determinado projeto que precisa de um certo valor em dinheiro para ser colocado em prática. O financiamento surge de pessoas externas que contribuem por meio de uma plataforma especializada nisso.

O desenvolvedor do projeto deve criar uma boa defesa e justificativa para convencer a plataforma crowfunding e os apoiadores. Ao financiar um projeto, o contribuidor deve estar sempre ciente que, dependendo do projeto e da arrecadação, talvez não haja retorno.

Para ter sucesso, o projeto deve ter uma apresentação estruturada e ser bem divulgado entre as pessoas de interesse.

História do crowdfunding

Os investimentos do tipo crowdfunding já existe a muitos séculos e começou com o financiamento na produção de obras de arte. No final do século XIX, o governo norte-americano não tinha os fundos necessários para a construção da base onde ficaria a Estátua da Liberdade. Mas, isso se tornou possível por meio de uma campanha com milhares de pequenos doadores.

No Brasil, o crowdfunding está regulamentado desde de 2017 e, hoje, há várias campanhas beneficentes e projetos sociais que são realidade graças a ele.

Tipos de crowdfunding

O Crowdfunding é uma forma de colaboração que permite o apoio em boas ideias. Há muitos projetos interessantes que se tornam realidade graças ao investimento crowdfunding de terceiros.

Assim como os projetos podem ser dos mais variados nichos, há diferentes tipos de crowdfunding. Por isso, é possível encontrar sites que só aceitam projetos específicos e que passam pela curadoria da plataforma.

Mas, de forma geral, os principais tipos de crowdfunding são:

Doação Crowdfunding

É um crowdfunding destinado a doações de apoio e que não oferece recompensas. Normalmente, ele está ligado a ONGs e projetos de caridade.

Recompensa Crowdfunding

É o principal tipo de crowdfunding, que oferece recompensas e recebe projetos de diversas áreas, valores, limites de tempo e interesses. Ele pode ser realizado tanto por pessoas físicas quanto por empresas.

Debt Crowdfunding

É um crowdfunding que trabalha com projetos de negócios relacionados com financiamento de dívida. A contribuição é feita com a promessa de receber o retorno do dinheiro com juros. Ele costuma ser criado por empresas que precisam de um empréstimo.

Equity Crowdfunding

Também é um crowdfunding que trabalha com projetos de negócios relacionados com financiamento de dívida. Porém, a contribuição é feita com o intuito de receber ações e ser um dos sócios do empreendimento. Ele também costuma ser desenvolvido de empresas que precisam de empréstimo.

Crowdfunding como investimento

O crowdfunding pode ser usado como uma forma de investimento alternativo. Com ele, é possível reunir um grupo de pessoas financiar ou se tornar sócio de algum empreendimento grande ou pequeno. Assim, o crowdfunding permite fazer um investimento direto com grandes chances de retorno.

Principais plataformas de crowdfunding

Cada plataforma de crowdfunding trabalham com tipos específicos de captação. Em termos econômicos, existem as dedicadas a participação em startups e as dedicadas a projetos específicos da economia real.

Para escolher uma plataforma crowdfunding, é necessário refletir e analisar qual se adequa mais ao seu perfil investidor. Mas, as plataformas mais populares são: Hurst, Bloxs, Kria, Urbe, Glebba, EqSeed, SMU, CapTable e Efund.

964

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.