Série Netflix Inacreditável

Dentro de uma gama gigantesca de séries disponibilizadas no Streaming da Netflix, fica cada vez mais difícil escolher uma que seja dentro da sua gama de interesse. É por isso que hoje vamos conhecer melhor detalhes sobre “Inacreditável”, a série que pode levar o Emmy em 2022.

A história é baseada em fatos reais, e é desenvolvia a partir da experiência de Marie Adler, de 18 anos que é estuprada por um mascarado nas primeiras horas do dia, em sua própria casa. A história se desenrola com outros traumas para a personagem, somada a experiência de outras mulheres, em outro condado.

Enredo

Marie Adler é estuprada em sua casa, e como se o trauma não fosse o suficiente em consequência do caso, em meio a intermináveis interrogações sobre as inconsistências dos fatos. A polícia de Lynnwood começa a questionar a integridade da testemunha.

A pressão e o trauma são tão grandes, que ninguém consegue acreditar em sua história, e Marie começa a concordar que mentiu, e é obrigada a assinar uma carta, descrevendo com suas palavras como inventou toda a história, fez tudo só para que as perguntas encontrassem seu fim. Após um período de tempo, isso resulta em um processo do Estado contra a menina, que é culpada por falo testemunho.

A história se desenvolve entre a de Marie Adler, e as investigações por um estuprador em série, em outros condados. Por isso é uma série que apresenta suspense, drama e um pouco de ação.

Ao longo das buscas, diversas mulheres de condados diferentes são igualmente estupradas, e têm suas vidas arruinadas pelo acontecimento. Duas detetives, mulheres, procuram o culpado por condados diferentes.

E somente quando encontram o culpado, que Marie têm o desfecho para sua história.

Porque assistir Inacreditável?

É uma série baseada em fatos reais, e não têm medo de contar a verdade nua e crua, não somente sobre a crueldade de um estuprador em série, e sim sobre a crueldade que pode habitar todo ser humano. É uma forma de criar auto análise, sobre suas escolhas e a forma como escolhemos julgar uma pessoa.

Os traumas que Marie viveu, não foram somente o seu estupro. Ela perde sua casa, seus amigos, seu trabalho, e até sua dignidade por conta da crueldade de pessoas que resolvem julgá-la e condena-la, pelo que acham saber.

O único momento em que a garota se abre, é em uma conversa entre ela a psicóloga destinada pelo Estado. Nesse momento achamos que a mulher será a saída para seus problemas, quando na verdade, não existe uma saída, ou um botão de retroceder para tudo o que aconteceu com a garota, a única forma de lidar com isso, é literalmente lidar com isso.

A mensagem deixada pela série não é bonita, vai longe de ser. Mas a maioria das coisas importantes, podem não ser bonitas ou agradáveis de se ouvir. Por isso não importa o quanto a verdade for feia ou inconveniente, nega-la não adiantará, pois ela sempre será uma verdade.

1571

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.